Vou Confiar em Ti – parte 1

“O justo viverá pela sua fé”

Habacuque 2:4

Introdução
O profeta Habacuque era um homem honesto, sincero, que tinha a ideia, tal como muitos de nós, de que por sermos escolhidos e amados por Deus, certamente receberemos um tratamento especial desse Deus que nos ama, em detrimento daqueles que não são filhos de Deus. Para Habacuque, ser povo de Deus era sinónimo de estar livre de perigos, moléstias, ataques, tribulações e aflições.

Pergunta para reflexão:

Já alguma vez pensaste que por seres um filho(a) de Deus, estarias imune a perigos, moléstias, ataques, tribulações, aflições e vírus? Porquê?


Infelizmente, muitos hoje têm a mesma mentalidade que profeta Habacuque tinha, no início do seu livro. Esperam, desejam, acham que merecem, que pelo facto de serem filhos de Deus, pelo facto de Jesus ser o Senhor e Salvador das suas vidas, nunca mais irão sofrer, nunca mais irão passar por situações difíceis. E quando chegam esses momentos, quando chegam essas dificuldades ficam surpresos e até zangados com Deus. Esta foi a postura de Habacuque. Mas isto foi apenas início da história não o fim dela. Para Habacuque, no início do livro, Deus parece não fazer sentido e por isso ele faz algumas perguntas:

Perguntas de Habacuque A Deus:

I – Porque não fazes nada? – Hab. 1:2-4

“Até quando, Senhor, clamarei eu, e tu não me escutarás? Gritar-te-ei: Violência! E não salvarás?” – v. 2

Pergunta para reflexão:

Já fizeste esta pergunta a Deus? Em que ocasiões?


A Resposta de Deus – Hab. 1:5-11
“Vede entre as nações, olhai, maravilhai-vos e desvanecei, porque realizo, em vossos dias, obra tal, que vós não crereis, quando vos for contada.”

Deus responde: Estou a trazer julgamento e punição – v. 6-11

Para realizar este julgamento e punição, contra o Seu povo, Deus iria usar uma nação “apavorante e temível”, uma nação pagã.

Três características dos babilónios: – v. 8

  1. Velozes como cavalos
  2. Ferozes como Lobos
  3. Determinados como águias

Pergunta para reflexão:


Já passaste por algum ataque, em que o inimigo se parecesse com cavalos velozes, lobos ferozes e águias determinadas? De que forma isso afectou a tua vida, o teu dia-a-dia?



II – “O que é que estás a fazer?”

A perplexidade de Habacuque à resposta de Deus está relacionada com duas coisas:

  1. Babilónia não era apenas uma nação sem Deus, era uma nação que se oponha a Deus – v. 15-16 – e ainda assim parece que prosperava – v. 16-17
  2. Para Habacuque, Deus usar a Babilónia para executar juízo contra o povo de Deus, era algo que iria contra a santidade de Deus

Pergunta para reflexão:

Já alguma vez ficaste perplexo e confuso com a ação de Deus?


Na primeira pergunta, Habacuque questiona a Inação de Deus. O Mal está em todo o lado, e aparentemente Deus não está a fazer nada contra isso. Na segunda pergunta Habacuque questiona a Acção de Deus. Sim é preciso que se faça algo, mas usar a babilónia, um povo ímpio, cruel, idólatra, para punir o povo de Deus é um pouco exagerado.

Tal como Habacuque, muitas vezes ficamos zangados porque Deus não faz nada, ou ficamos zangados porque Deus está a fazer algo, com o qual não concordamos.

Pergunta para reflexão:
Quantas vezes já ficaste zangado com Deus, porque achas que Ele não está a fazer nada, ou porque não concordas com o que Deus está a fazer? Sê honesto!


A Resposta de Deus: Hab. 2:2-20

O profeta não apenas fala da condenação dos babilónios, o profeta dá-nos duas palavras de conforto da parte de Deus:

  1. O justo vive pela fé – Hab. 2:4
  2. Deus está no trono – Hab. 2:20

Estas duas palavras de Deus são o fundamento teológico do evangelho:

  1. A Salvação pela fé
  2. Deus está no trono

Perguntas para reflexão:
O que para ti significa “O justo vive pela fé”?


Que implicações tem o facto de Deus estar no trono?


Com isto em mente, Habacuque muda a sua perspectiva. Agora, percebe que o povo de Deus deve viver pela fé, ou seja, deve confiar em Deus, mesmo quando tudo corre mal. Fé é mais do que acreditar, fé é confiar.

Ser filho de Deus não nos dá o direito de passar pela vida sem problemas ou dificuldades, mas dá-nos o privilégio de viver pela fé.

Pergunta para reflexão:

“Fé é mais do que acreditar. Fé é confiar”. Comenta a afirmação


Cinco formas de lidar com o sofrimento

O Capítulo 3 de Habacuque dá-nos cinco respostas de como devemos lidar com o sofrimento:

I – Oração – Hab. 3:1
Habacuque leva o assunto a Deus

A oração reconhece que Deus é soberano, que Deus está no controlo de todas as coisas e tem poder para fazer algo em relação à situação. Oração em tempos de prova traz força. A oração pode não mudar as circunstâncias, mas muda a nossa perspectiva acerca das circunstâncias.

Pergunta para reflexão:
Para ti, orar é o último recurso ou é a primeira opção?


II – Reconhecimento da nossa fraqueza – Hb. 3:2, 16
Ao reconhecer a sua fraqueza, o profeta reconhece que necessita da força divina. Quando reconhecemos a nossa fraqueza conseguimos perceber que não sabemos tudo, mas reconhecemos que Deus é omnisciente e que nós somos meros instrumentos nas suas mãos. Por vezes queremos inverter os papeis, achamos que sabemos tudo e que Deus é um instrumento que podemos usar.

Pergunta para reflexão:
Já invertestes os papeis? Alguma vez pensaste que sabias tudo e que Deus era um instrumento a ser usado? Sê sincero


III – Grandeza de Deus – Hab. 3:3-15
Habacuque reconhece que a emoção não o pode salvar, que a razão não o pode salvar. Apenas o conhecimento de Deus o pode salvar. Habacuque relembra os grandiosos actos de Deus. Se Deus operou no passado, não há nada que O impeça de operar no presente.

Pergunta para reflexão:

De que forma lembrar os grandiosos actos de Deus do passado podem ajudar-nos no presente?

IV – Fé em Deus – Hab. 3:17-18
“Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no Senhor, exulto no Deus da minha salvação.”

Habacuque sabia que a invasão da babilónia iria provocar fome em grande escala, não haveria comer, não haveria rebanhos. Todas as fontes de alimentação de Israel estão mencionadas aqui. Ainda assim a postura de Habacuque é de exultar e alegrar-se em Deus – v. 18 – Apenas quando nosso foco está em Deus, podemos ter esta perspectiva das coisas.

É importante perceber que esta atitude do profeta acontece antes que os problemas cheguem. Habacuque sabe que os problemas virão, mas agora, com a perspectiva certa e o foco certo, o profeta está preparado para enfrentar os problemas. A escolha do profeta de alegar-se em Deus e exultar já está estabelecida no seu coração, mesmo antes do fogo da prova.

Perguntas para reflexão:

Ver para crer, ou crer para ver? De que forma enfrentarias uma situação em que não vês nada, não alcanças nada?


“Todavia eu me alegro no Senhor, exulto no Deus da minha salvação”. Será que consegues alegrar-te em tempos de adversidade?


V – Descansar em Deus – Hab. 3:19
Se as quatro primeiras respostas forem dadas, oração, reconhecimento nossa fraqueza, reconhecimento da grande de Deus, e a nossa fé em Deus, então descansar em Deus será o passo lógico a dar.
Por outro lado, se não existirem em nós estas quatro respostas, então não alcançaremos o descanso para as nossas almas.

A declaração do v. 19 é notável, em vez de tumulto e medo (v. 16), agora temos força e vitalidade. A mensagem de Hb. 2:4 está a cumprir-se totalmente na vida do profeta. “O justo viverá pela fé”

Pergunta para reflexão:

Estás a conseguir descansar em Deus, apesar do que está a correr mal?


Conclusão
Porque viver pela fé é o modo de vida do cristão, não há razão para entrar em pânico. Para todos aqueles que estão a viver debaixo do medo, da ansiedade, da incerteza, da dúvida, queremos dizer-vos: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma.” Mateus 11:28-29

Não vivas com medo. Não vivas zangado com Deus porque achas que Ele não está a fazer nada. Não vivas zangado com Deus porque não concordas com o que Deus está a fazer.

Vive pela Fé. Coloca a tua fé, a tua confiança em Jesus. Vem a Jesus e a tua alma viverá.

Perguntas para reflexão:

Estás zangado com Deus?


Estás a viver pela fé?


“Eis o soberbo! Sua alma não é reta nele; mas o justo viverá pela sua fé.”
Habacuque 2:4

“Visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé.” Romanos 1:17

“E é evidente que, pela lei, ninguém é justificado diante de Deus, porque o justo viverá pela fé.” Gálatas 3:11

“todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma.” Hebreus 10:38

Por Isaac Reis